KBB - Cotação de carros - logo
PUB
Página principalNotíciasSalões Automóveis
Partilhar

Mercedes-AMG GT Coupé de quatro portas chega a Genebra

Mais espaço, potência e uma estética mais apelativa. O novo Mercedes-AMG GT de quatro portas tem lugar de destaque no Salão Automóvel de Genebra.


Sendo o primeiro veículo desportivo de quatro portas da marca de Affalterbach, o Mercedes-AMG GT revelado em Genebra inspira-se nos lendários e bem-sucedidos modelos SLS e AMG GT.

Desenvolvido pela AMG, braço mais desportivo e exclusivo da marca de Estugarda, o novo Mercedes-AMG GT Coupé combina design exclusivo, elevado conforto e o toque de engenharia dos verdadeiros desportivos. O propósito passa por conquistar clientes que procurem um veículo para uma utilização quotidiana, ainda que não abdiquem do desempenho inigualável da Mercedes-AMG.

Proporções de clássico

Mercedes-AMG GT Coupé espaço interior

À primeira vista, não há muito que distinga o Mercedes-AMG GT Coupé de quatro portas do seu irmão de duas entradas. As linhas dinâmicas que percorrem as laterais mantêm-se, assim como uma silhueta de proporções clássicas.

Com um capot baixo e de desenho expressivo, a frente dominante torna-se o ponto alto de um carro cujo corpo, de superfícies convexas, exibe músculo a rodos. Já a silhueta, fluida, distingue-se pela superfície vidrada de baixa altura. Com vidros laterais sem moldura e um para-brisas plano e inclinado, todas as características da arquitetura clássica de um modelo coupé estão reunidas. Na secção traseira, destaque para os farolins traseiros LED, extremamente estreitos, que definem a linha da bagageira e para o aileron extensível em vários níveis.

No habitáculo, impera uma sobriedade elegante que não descura as mais recentes tecnologias, com os modernos painéis de controlo, que podem ser operados intuitivamente e configurados conforme necessário.

Mercedes AMG-GT Coupé: Potência e dinamismo

O novo AMG GT Coupé de quatro portas pode ganhar vida com um seis cilindros em linha ou com um V8 biturbo em duas declinações de potência. O primeiro, disponível na versão Mercedes-AMG GT 53 4MATIC+, de 3.0 litros e 435 cv, é caracterizado pelas suas elevadas prestações, apoiadas por um efeito de potência suplementar de até 22 cv e de um binário suplementar de 250 Nm, com a combinação do alternador e do motor de arranque numa única máquina elétrica instalada entre o bloco e a caixa de velocidades. A aceleração dos 0 aos 100 km/h cumpre-se em 4,5 segundos com uma velocidade máxima de 285 km/h.

Mercedes-AMG GT Coupé interior

Com o V8 biturbo, são propostas as versões 63 S e 63 S 4MATIC+. A primeira, que pode ser equipada com apoios ativos do motor através do pack Dynamic Plus, chega com 585 cv e um binário máximo de 800 Nm entre as 2350 e as 5000 rpm, o que lhe permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em 3,4 segundos (velocidade máxima: 310 km/h). Por fim, no topo de gama, há 639 cv a explorar e um torque de 900 Nm, entre as 2500 e as 4500 rpm (aceleração em 3,2 segundos e velocidade máxima de 315 km/h).

Os dois modelos de oito cilindros podem ser identificados através das três lamelas horizontais nas estradas de ar dianteiras laterais, a Asa de Avião com revestimento em Silver Shadow, o difusor distintivo na traseira e o sistema de escape duplo com ponteiras de escape trapezoidais. Já a versão de seis cilindros está equipada com uma lamela em cada uma das grelhas de entrada de ar, duplas ponteiras de escape circulares e um difusor traseiro ligeiramente menos pronunciado.

A comercialização do novo modelo está prevista para o Verão, não havendo qualquer estimativa de preços.

Partilhar

Artigos Recentes

PUB
PUB

Descubra já o preço do seu carro novo ou usado

  • Citadino

  • Utilitário

  • Sedan

  • Carrinha

  • Monovolume

  • SUV/TT

  • Desportivo/Coupé

  • Cabrio

  • Luxo

  • Híbrido/Eléctrico

PUB